Joelho > Lesões do LCA

O que é o LCA?

Os ligamentos são estruturas que estabilizam o joelho e quando rompidos causam a sensação de “frouxidão”  (“falseios”) na articulação. O ligamento cruzado anterior (LCA) é responsável pelo controle da rotação do joelho, e é comumente lesionado em atividades esportivas ou recreacionais, como o futebol, basquete, vôlei, judô, MMA, dentre outros. lca-ligamento-cruzado-anterior

Casos mais comuns

Em quase todos os esportes as lesões do LCA são mais comuns em mulheres, e acometem ambos os sexos em todas as faixas etárias.

Como acontece

A maior parte das lesões do LCA ocorre em associação à de alguma outra estrutura, como os meniscos (que são “amortecedores” do joelho), ou as superfícies dos ossos, as cartilagens. Nestas situações a ocorrência futura de desgaste articular (artrose) é significativamente maior. Por este motivo eu indico a cirurgia de reconstrução do LCA na evidência de ruptura concomitante deste a do menisco. Nos casos de lesão isolada do LCA em que esta acarreta sensação de instabilidade (“falseios”, “frouxidão”) ou quando gera instabilidade aferida objetivamente no exame físico, também indico cirurgia, em se tratando de pessoas jovens ou ativas.

Como é feito a avaliação

Na definição da conduta frente a uma ruptura do LCA levarei em conta, portanto, sinais e sintomas do paciente, bem como grau de atividade, associados à interpretação do exame de Ressonância Magnética. Todos estes dados interpretados cuidadosamente determinarão o grau da lesão e por fim orientarão um tratamento que se adequada ao perfil de cada pessoa.

Como é a reabilitação

A reabilitação da lesão do LCA, seja após cirurgia ou não, deve contar com um bom programa de fisioterapia. O protocolo definido por mim e pela equipe de fisioterapeutas envolve o controle da dor e do edema (“inchaço”), a restauração da mobilidade para extensão completa e flexão gradativa e a ativação do quadríceps. Estes são passos essenciais para estabelecer uma recuperação bem sucedida e proporcionar o retorno às atividades prévias à lesão.

Perguntas Frequentes

Para quem é indicado a cirurgia de reconstrução do LCA?

Eu indico a cirurgia de reconstrução do LCA na evidência de ruptura concomitante  deste a do menisco. Nos casos de lesão isolada do LCA em que esta acarreta sensação de instabilidade (“falseios”, “frouxidão”) ou quando gera instabilidade aferida objetivamente no exame físico, também indico cirurgia, em se tratando de pessoas jovens ou ativas.

Quando se deve operar uma lesão do LCA?

Após a lesão do LCA deve-se aguardar a resolução parcial do edema (“inchaço”) e a melhora da dor. O paciente deve estar apto para caminhar sem auxílio de muletas (salvo exceções), e a flexão mínima do joelho deve ser de 90 graus. Isto requer em média de 15 a 20 dias, podendo ser acelerado com auxílio de fisioterapia pré-operatória (que é altamente recomendado).

Alguns estudos científicos demonstraram que a demora na realização da cirurgia, quando indicada, pode levar ao desgaste precoce (artrose). Isto se torna mais evidente após 70 dias ou mais, em média, da ruptura do LCA. Por isto recomendo a realização da cirurgia dentre deste prazo, respeitando os demais critérios.

Como é realizada a reconstrução do LCA?

O ligamento rompido perde sua função e é necessária a reconstrução do LCA com enxerto de tendões que são retirados da perna operada (que cicatrizam e não deixam déficit funcional após a cirurgia). A tíbia (osso abaixo do joelho) e o fêmur (osso da coxa) são perfurados de forma a deixar o ponto de entrada na articulação nos pontos anatômicos originais do LCA. Esta é a chamada técnica de reconstrução anatômica do LCA, realizada atualmente nos centros mundiais de referencia de cirurgia de joelho e por mim praticada há cerca de cinco anos.  Como fonte de enxerto avalio cada caso, utilizando mais frequentemente o terço central do tendão ou os tendões flexores (grácil e semitendíneo).

Também utilizo o conceito de reconstrução biológica, na qual conservo as fibras remanescentes do ligamento rompido (que possuem células de mecanorreceptores e vascularização), o que permite melhor e mais rápida integração do enxerto.

Quanto tempo geralmente leva a recuperação da cirurgia de reconstrução do LCA?

A recuperação da desta cirurgia é gradativa, sendo que nos primeiros 10 a 15 dias recomendo o uso de muletas. Após a liberação destas autorizo dirigir, o que acontece ainda mais precocemente para direção de carros automáticos em se tratando de joelho esquerdo operado. Preconizo uma reabilitação sistematizada, que permite por exemplo pedalar, em média, após 40 dias da cirurgia, correr entre 4 e 5 meses e atividades que requerem rotação (“pivot”) após 6 a 8 meses.

Agende uma consulta com o Dr. Leandro Vidigal

Localização

Clínica Vidigal – Av. Pres. Vargas, 1430, Vila Progresso, Dourados/MS

Telefones

67 3421-4329 | 3422-2277

WhatsApp: 67 99848-2277 (Clique)

Atendimento

Segunda a Sexta | 08h00 às 17h00
Horário de Almoço: 12h00 às 13h00

Veja também:

Lesões de Cartilagem

Meniscos

Artrose do Joelho